Convergencia ao invés de Concorrencia

Fala galera!

Não é novidade para ninguém, principalmente por vocês estarem lendo meu blog, que a tecnologia evolui mais rápido que Pokemon em evento especial e com isto novas linguagens, frameworks, metodologias, hardware, software, etc.

Mas algo que me incomoda muito, principalmente quando vamos procurar por materiais  introdutórios as novas tendencias é que eles são criar para “matar um problema que temos com as tecnologias atuais”.

Não quero tomar partidos aqui mas as brigas “SQL x NoSQL”, “Micro Serviços x Monolitos”, “PWA x Aplicativos”, “Bots x Apps”, etc. etc. inundam events, timelines, artigos e tudo mais como se uma coisa anulasse totalmente a outra.

Em primeiro lugar é sempre bom ter boas referencias, ou seja, não cair no conto dos “influenciadores de palco”, sim me baseei nos  “empreendedores de palco”, que não tem nenhum projeto entregue utilizando  o que pregam em palestras, que só se  apoiam em cases e dados  dos outros, e querem te levar a usar o que. Ele diz em pró de vender uma consultoria, a qual irá  fazer com que voce trilhe o caminho sozinho, e na verdade que voce apareça como case de sucesso no seu próximo slide.

Quando lemos ou falamos com pessoas sérias sobre o tema vemos que eles falam exatamente o contrário. Sobre Micro Serviços será que sua aplicação já está madura a ponto de voce saber que ela deve ser quebrada? Afinal voce não começa hoje um sistema pensando em dividi-lo sem saber como ele ficará.

Quando falamos de persistencia pessoas sérias falam de “persistência poliglota”, ou seja, nossa aplicação sabe falar com diferentes repositórios d dados, cada um com responsabilidades  diferentes baseadas nas capacidades que. Aquela tecnologia oferece, de modo a trazer valor cada vez mais rápido pra estes dados.

Veremos cada vez mais  partes de aplicativos  partindo para os bots ou interfaces conversacionais, ou como já vimos em alguns apps de investimentos aplicativos que simulam esta interface apesar de ainda ser  um aplicativo com fluxos como qualquer outro, traremos cada vez mais inteligência analisando o comportamento de nossos usuários e sim teremos versões mais leves, provavelmente PWAs para trechos específicos de nossos aplicativos para  que nosso usuário tenha uma experiencia “light” de qualquer lugar.

Gosto de pensar que quando leio um código antigo meu e penso: nossa teria sido melhor  ter feito assim ou assado, que. Depois que eu o escrevi vivenciei tantas novas experiencias que  fica fácil  falar isto, e difícil até mesmo imaginar que er possível se fazer tanta coisa sem os recursos que temos hoje, mas que se tomei aquela decisão era porque  naquele momento fiz o melhor que era possível, e continuando aplicando isto até hoje.

É como dizem: “Se a juventude soubesse ou se a velhice pudess
E!”.

Até a próxima!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s